HISTÓRICO

Armazém do Cruzeiro

O Armazém do Cruzeiro foi um estabelecimento de comércio da Fazenda que atendia a necessidades cotidianas dos moradores e ainda, dos visitantes que ali passavam. A maioria das mercadorias chegava de trem através da Estação Sampaio Moreira. Algumas outras eram buscadas de caminhão em Cajuru e região. Os colonos tinham cadernetas onde anotava-se o que foi comprado e seu respectivo valor. O responsável do armazém encaminhava ao responsável do escritório essa soma que, era descontada dos honorários que a administração da Fazenda pagaria ao comprador/colono. Na década de 1930, o armazém contava com três funcionários. Em determinado período, essa casa de comércio, contou com a implantação de uma moeda local refletindo a eficácia e o potencial da administração da propriedade.